Páginas

terça-feira, 27 de março de 2012

Resenhando Clássicos #1: Casa Velha - Machado de Assis


Resenhando Clássicos
Por: Luciane Rangel

Livro: Casa Velha
Autor: Machado de Assis
Ano: Escrito em 1906 / Publicado em 1944.
Editora: Escala


Gosto demais do Machado de Assis. Apesar de muita gente (juro que não entendo o porquê) afirmar que a linguagem dele é complicada, eu a considero extremamente clara e simples para os padrões de sua época. Ainda não conhecia o seu Casa Velha, apenas há pouco tempo tive essa oportunidade. E adorei!

O livro é narrado em primeira pessoa, por um Padre, que, com o intuito de escrever uma obra sobre política brasileira, passa a frequentar a casa de D. Antônia (casa velha) para fazer uma pesquisa na biblioteca da residência, entre os livros e documentos do falecido dono da casa, que era um político importante. Lá, torna-se amigo de Felix, o filho único de D. Antônia, e se encanta por Lalau, jovem órfã que foi desde a infância educada e protegida pela dona da casa.

Neste ponto, vemos a primeira audácia do autor nesta história: a paixão (sim, paixão!) do padre pela jovem Lalau. Porém, consciente de seu dever religioso, o religioso reprime seus sentimentos e dedica-se a tentar unir a garota à sua verdadeira (e correspondida) paixão: Felix.

Escrito em 1906 (embora só tenha sido publicado quase 40 anos depois), Casa Velha mostra-se inovador e ousado para a sua época, abordando temas como a paixão entre irmãos (há, inclusive, artigos que afirmam que Machado de Assis tenha sido o primeiro autor brasileiro a tratar deste tema), as diferenças sociais, o preconceito, a castidade dos padres e, até mesmo, apresentando questionamentos sobre o machismo da época.

O final surpreende, principalmente aos acostumados aos romances convencionais.

Com apenas 65 páginas, o livro proporciona uma leitura rápida e fluída. Altamente recomendado para os amantes dos clássicos, e mesmo aos que não estão acostumados a este tipo de leitura, pois é uma ótima obra para começar a pegar gosto pelo gênero.

2 comentários:

  1. Adorei a resenha! Eu confesso que adoro os livros do Machado de Assis. Ainda que não conheça muito, o que eu já li eu adorei. E esse livro parece ser muito bom, ainda mais com o que você disse: inovador e ousado para a sua época. Machado de Assis sempre consegue nos surpreender.


    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Maravilha, heim! Preciso ler este!

    ResponderExcluir